Eventos · Literatura infantil

Travessia das Letras – 1.ª Festa Infantojuvenil da Língua Portuguesa

O projeto Travessia das Letras nasceu do desejo de aproximar culturas que partilham a mesma língua.

E quer, assim, promover o intercâmbio, atiçar a curiosidade, estimular a criatividade e expandir o imaginário pelo universo lúdico e onírico infantojuvenil.

Depois de quase dois anos de preparativos e contatos, a Travessia, como é carinhosamente chamada pelos participantes e envolvidos, faz a sua estreia em Oeiras, nos próximos dias 30 e 31 de março, com o tema Visões de mundos diferentes com idioma igual – o português que nos une e conta com participantes de Portugal, Brasil, Angola, Guiné-Bissau, Cabo Verde e Moçambique.

Esta sua primeira edição vai muito além de um projeto cultural, ao assumir o caráter de proposta educativa construída com a participação e sugestões de autores, editoras e instituições públicas e privadas que apoiam o projeto.

A realização da Travessia das Letras em Portugal sugere o caminho inverso ao do percorrido pelo idioma, com a clara intenção de apresentar e disponibilizar para as crianças e jovens portugueses a cultura e os valores do mundo lusófono.

Priorizou-se na preparação da Travessia o exercício do pensamento, das ideias, da construção de relações sociais e afetivas que se iniciam na infância.

Dessa forma, a DOIS UM Produções, produtora luso-brasileira, em parceria com a Câmara Municipal de Oeiras, realizará, nos dias 30 e 31 de março, no Templo da Poesia — Parque dos Poetas, a Travessia das Letras, uma grande festa dos falantes da língua portuguesa com encontros, oficinas e atividades que misturarão sotaques, cultura e hábitos.

Com o apoio e a chancela do Plano Nacional de Leitura 2017–2027 (PNL2027) e da Rede de Bibliotecas Escolares (RBE), o projeto teve a preocupação de estar integrado à política pública do país. Conta também com o valioso apoio institucional da Missão do Brasil na Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), da Embaixada do Brasil em Lisboa, do Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, I.P., do Camões – Centro Cultural Português em Maputo e da Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas do Governo Português (DGLAB).

Bibliotecas · Eventos

II Conferência Internacional [Re]Pensar a Biblioteca Pública: Gaming e Makerspaces


A Rede de Bibliotecas da CIRA, Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro, promove, nos dias 28 e 29 de março, em Albergaria-a-Velha e Ílhavo, a «II Conferência Internacional [Re]Pensar a Biblioteca Pública: Gaming e Makerspaces»

A Conferência é dirigida a bibliotecários públicos, respetivas chefias e suas Instituições, bem como a técnicos de animação, professores bibliotecários, outros professores de equipas de bibliotecas escolares e todos os que se interessem pelo tema.

Inscrições até 21 de março em
https://goo.gl/ABjijK

Mais informações aqui.

Facebook: https://www.facebook.com/conferenciainternacional.repensarbp.7

Instagram: https://www.instagram.com/conf_internacional_repensarbp/

Twitter: https://twitter.com/ConfBp?lang=en

Concursos · Escolas · Literacia da informação · Literacia dos média · Novas literacias

2.ª Edição da NET Viva e Segura


A DECO, com o apoio do Google Portugal, promove a atividade NET Viva e Segura (2.ª Edição), uma iniciativa nacional que convida a comunidade educativa a produzir vídeos que demonstrem a importância de participar nas redes sociais em segurança e com respeito pela privacidade, em três categorias: partilha com cuidado, ligações seguras e a cortesia não é uma fantasia.

Vídeo de apresentação da iniciativa

Os vídeos produzidos pelos alunos devem sensibilizar para a utilização de uma internet segura de uma forma original e criativa com o objetivo de promover experiências online e, em especial nas redes sociais, mais conscientes, seguras e confiantes.

Podem participar jovens com idades compreendidas entre os 16 e 22 anos, a frequentar escolas do ensino regular, profissional, vocacional e ensino aprendizagem, de Portugal Continental e Regiões Autónomas da Madeira e dos Açores das escolas DECOJovem.

Mais informações sobre a iniciativa podem ser encontradas aqui.