Eventos

IAC-CEDI lança concurso escolar “Se o meu telemóvel voasse”

O IAC-CEDI, Centro de Estudos, Documentação e Informação sobre a Criança do Instituto de Apoio à Criança é a entidade promotora e organizadora do concurso escolar SE O MEU TELEMÓVEL VOASSE (ideia original do escritor José Fanha)  que decorre a nível nacional entre 1 de fevereiro e 31 de maio de 2012.

Este concurso visa premiar os melhores projetos desenvolvidos no âmbito da temática DIREITO À DIFERENÇA – EU MAIS TU.

Apelando à criatividade das crianças e dos jovens, o projeto pretende contribuir para a defesa da não discriminação consignada no artigo 2º da Convenção Sobre os Direitos da Criança.

O concurso destina-se aos alunos dos estabelecimentos de ensino público e privado que frequentem o ensino básico, secundário e profissional, no ano letivo de 2011-2012.

Os grupos de alunos constituídos para o concurso devem desenvolver projetos criativos com recurso ao telemóvel (fotografia e/ou filme) ilustrando a temática DIREITO À DIFERENÇA – EU MAIS TU com as seguintes orientações:

1º, 2º e 3º Ciclos:

Contar uma história através de 6 imagens, fotografias tiradas com telemóvel, unidas por um texto narrativo ou poético complementar.

 

Não se procura que o texto explique as imagens ou que as imagens ilustrem o texto, mas que se complementem e se iluminem.

Secundário:

Construir um percurso visual através de um pequeno filme acompanhado por palavras que o iluminem e tornem o seu sentido mais vasto e diverso, a partir de um guião previamente construído. 

 

Mostrar a contradição e complementaridade dos contrários e do seu jogo visual, físico e simbólico.

O prémio a atribuir a cada projeto vencedor será no valor de 250,00€ (duzentos e cinquenta euros) distribuído equitativamente pelos elementos que compõem a equipa sob a forma de cheque – prenda.

A escola do grupo vencedor receberá um prémio em livros.

O Banco Português de Investimento -BPI e a Leya patrocinam este concurso.

PROJETO E REGULAMENTO DO CONCURSO

Bibliotecas · Leitura

Concurso Ler em Português

A Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento, a Rede de Bibliotecas Escolares e o Plano Nacional de Leitura lançam, em 2011.12, a 1ª edição do concurso Ler em Português, com o intuito de promover a utilização da Língua Portuguesa, aumentar as práticas de leitura e aprofundar a troca de experiências entre alunos e professores portugueses e norte-americanos.

Esta iniciativa conta, ainda, com a colaboração, no acompanhamento e divulgação locais, de outras entidades, designadamente a Secretaria Regional da Educação e Formação – Região Autónoma dos Açores, da Secretaria Regional da Educação e Cultura – Região Autónoma da Madeira e da Coordenação do Ensino de Português nos Estados Unidos da América.

Mais informações aqui.

Semana da leitura

Semana da Leitura 2012 e Concurso «Eu Conto!»

À semelhança do que se tem verificado em anos anteriores, entre 5 e 9 de Março, a Semana da Leitura 2012 convida as escolas a criarem ambientes festivos em que se celebram a leitura, os livros e a cooperação, mobilizando as suas comunidades de forma criativa e inovadora.

A 6ª Edição da Semana da Leitura, centrada no tema Cooperação/ Solidariedade, propõe, a partir de leituras diversas, a abordagem de questões muito diversificadas e transversais relacionadas com esta temática.

No âmbito desta iniciativa, o Plano Nacional de Leitura, em parceria com o Banco Popular, promove, no presente ano, um concurso subordinado à temática central da Semana da leitura, convidando as escolas não agrupadas/ os agrupamentos de escolas a participarem no Concurso «Eu conto!». Pretende-se, assim, a partir de leituras diversas, premiar a criação de um conto ou, para os mais pequenos, a ilustração de uma história anteriormente ouvida ou lida.

A inscrição no concurso faz-se através do envio de uma mensagem eletrónica da responsabilidade da direção do agrupamento/ da escola não agrupada, para o endereço euconto.euleio@gmail.com, entre os dias 1 e 31 de Março de 2012, conforme disposto no Regulamento do Concurso.

Eventos

Exposição “Charles Dickens em Portugal” na BNP


A Biblioteca Nacional celebra o bicentenário do nascimento de Charles Dickens (7 de Fevereiro 1812) com uma exposição biblio-iconográfica promovida conjuntamente com o Centro de Estudos Anglísticos da Universidade de Lisboa (CEAUL).

Esta iniciativa pretende evocar a recepção de Dickens em Portugal até à actualidade, predominantemente por via da tradução, publicada entre nós, em periódico e em volume, desde 1839, data em que surge a sua primeira obra traduzida.
De 1 de fevereiro a 10 de Março.