Seminários/Conferências

Folio 2021 – Festival Literário Internacional de Óbidos

O Fólio está de volta à vila de Óbidos. Entre 14 e 24 de outubro, celebram-se os livros e a leitura em mais uma edição do Festival Literário Internacional de Óbidos.

Destaque para as iniciativas do Folio Educa, em particular o Seminário Internacional
“Projetar uma educação em rede”, que vai decorrer nos dias 23 e 24 de outubro cujo programa aqui divulgamos:

23 de outubro

9h00 – 13h00
Seminário Internacional

“Projetar uma educação em rede”
Sessão Plenária
Centenário do nascimento do Paulo Freire
Edgar Andrade – Movimento Maker Brasil
Luíza Cortesão – Instituto Paulo Freire de Portugal
Intervalo
Fundação Reggio Children
Moderador – Miguel Oliveira – Escola Superior Educação e Ciências Sociais
Inscrição prévia no sitewww.cfaecentro-oeste.pt
Local: Auditório da Casa da Música
Nota: As inscrições nas Oficinas realizam-se no dia e local e têm o limite de 20 participantes cada

14h30 – 18h30
Oficinas do Seminário Internacional 

Oficina 1 – Voz e gravação de texto literário
Formadores: Ana Sacramento e Tiago Sábio – Escola Superior de Artes e Design Caldas da Rainha
Local: Espaço Educação (antiga biblioteca municipal)
Sinopse: Podemos enriquecer apresentações do que fazemos com o som da nossa voz?
Durante uma parte do dia vamos aprender como se faz. Começamos com técnicas vocais de leitura e passamos para as técnicas de gravação dessas leituras.

Oficina 2 – Espaço e Criatividade
Formadora: Ana Barbosa – IKEA
Local: Museu Abílio
Sinopse: Nesta oficina vamos explorar diferentes estratégias e práticas pedagógicas com vista à criação de ambientes e espaços diversificados, apelativos e promotores de aprendizagem, que permitam desenvolver a criatividade e o pensamento crítico dos alunos.

Oficina 3 – Transição digital nas escolas: desafios e oportunidades 
Formador: Ana Paula Ferreira – Rede de Bibliotecas Escolares
Local: Espaço Ó
Sinopse: O Plano de Transição Digital (PTD) visa promover a inovação educacional através da integração das tecnologias digitais em contexto educativo. Pretende-se levar as escolas a refletir e definir estratégias que permitam a exploração do potencial do digital, integrando-o de forma holística na organização.

Oficina 4 – Roteiros Digitais de Leitura e Aprendizagem: ler o mundo com ferramentas Google e a web 2.0
Formador: Teresa Pombo – Plano Nacional de Leitura
Local: Museu Municipal
Sinopse: O Plano Nacional de Leitura 2027 implementou em 2018, com diversos objetivos, um repositório digital de Roteiros de Leitura, construídos com ferramentas Google em articulação com outras ferramentas digitais e com propósitos sobretudo didáticos. Grande parte dos roteiros são realizados em torno de obras recomendadas pelo PNL2027 e outras obras previstas nas Aprendizagens Essenciais ou outras. Outros exemplos promovem leituras temáticas ou de autores específicos.

Oficina 5 – Arte e leitura na construção de uma cidadania ativa
Formador: Liliana Silva – Rede de Bibliotecas Escolares
Local: Casa Criativa Josefa de Óbidos
Sinopse: Sob o ponto de vista de uma cidadania criativa, participativa e ativa exploram-se propostas de educação com crianças e jovens que visam suscitar a atenção e a consciencialização perante questões da realidade humana e ambiental e gerar a capacitação para o seu envolvimento/ responsabilização perante experiências da vida quotidiana, pessoas e lugares que fazem a memória de cada um e da comunidade. Transformar a informação em conhecimento e o conhecimento em sabedoria é o desígnio da biblioteca escolar.

Oficina 6 – A Leitura Invisível. O impacto das tecnologias digitais no livro e na leitura 
Formador: Carlos Pinheiro – Rede de Bibliotecas Escolares
Local: Casa Saramago – Biblioteca Municipal de Óbidos
Sinopse: O mundo do livro encontra-se numa fase de transição. O milenar livro códice, que durante séculos se manteve como o principal suporte de escrita, enfrenta, desde finais do século passado, a concorrência de novos formatos, resultantes do desenvolvimento das redes de informação e da progressiva digitalização da palavra impressa, dando origem a novos modelos de negócio, a novas formas de leitura e a novos suportes, num processo irreversível que obriga a redefinir a tradicional noção de livro.

24 de outubro

09h30
Seminário Internacional

Sessão Plenária
– Barbara Schultz-Jones – Universidade do Norte do Texas
– Piet Grymonprez – Fundação MyMachine Global
Moderador: Miguel Silvestre – OBITEC

À beira de um ataque de poesia – Conferência/Espectáculo por Paulo Condessa

Sinopse: Ao nascer, “Democracia” e “Educação” mantinham-se em pé pela “Participação”. Mas os seus esqueletos originais foram capturados pelas tropas do mercado. O povo andava entretido e também não disse que não. Como é quase crime oferecer o nosso tempo ao mal que pode ser dito, irei antes investir no bem que se pode fazer. Por exemplo, dizer poesia despenteada, quiçá desobediente, para infiltrar o bom sabor da biodiversidade. Porque o excesso de “ordem”, “controle”, “regulamentação”, atrofia o músculo auto-regulador de cada indivíduo. E se o grupo esmagar o indivíduo, será nada mais que um grupo de esmagados. Aqui esquiçarei certas faenas poéticas que podem ressuscitar o gosto e a sensibilidade para a pluralidade. Usarei a ideia de “participação” como gazua para explorar a liberdade individual, sim, mas mantendo a sensação de pertença a uma comunidade.

Sessão de Encerramento do Seminário
Humberto Marques – Presidente da Câmara Municipal de Óbidos
João Costa – Secretário de Estado Adjunto e da Educação
Manuela Silva – Coordenadora Nacional da Rede de Bibliotecas Escolares
Teresa Calçada – Comissária do Plano Nacional de Leitura 2027
Local: Casa da Música

14h30
Seminário Internacional – Descobrir o FOLIO
QR Codes – Visitas autónomas
Vila de Óbidos

Bibliotecas · Educação · Escolas · Leitura · Literacia da informação · Literacia dos média · Livros · recursos

Plano 21|23 Escola+ – O papel das bibliotecas escolares

Com vista à recuperação das aprendizagens o Governo aprovou o Plano 21|23 Escola+, o qual apresenta um conjunto de medidas que se alicerçam nas políticas educativas dirigidas à promoção do sucesso escolar e, sobretudo, ao combate às desigualdades através da educação.

De entre as medidas aprovadas, algumas envolvem diretamente as bibliotecas escolares, nomeadamente no Eixo 1: ensinar e aprender, no domínio + Leitura e Escrita, onde se prevê:

  • Fomento da leitura orientada em sala de aula, com produção e disponibilização de materiais de apoio;
  • Acesso livre a ferramentas digitais para aferição da competência leitora e materiais didáticos;
  • Produção e disponibilização de recursos para a organização de oficinas de escrita;
  • Reforço do orçamento das bibliotecas escolares.

Para este domínio de Leitura e Escrita, estão previstas quatro ações específicas:

  • Escola a Ler (fomento da leitura orientada em sala de aula, com produção e disponibilização de materiais de apoio).
  • Ler – Conhecer, Aprender e Ensinar (disponibilização de acesso livre a materiais didáticos e meios de aprendizagem em ambientes digitais)
  • Diário de Escritas (promoção da dinamização de oficinas de desafios de escrita nas escolas)
  • Ler com mais Livros (fornecimento às bibliotecas escolares de um fundo documental adicional para apoio ao domínio 1.1. + Leitura e escrita)

Para apoiar o desenvolvimento destas ações, foram produzidos vários roteiros, com orientações úteis para as escolas e para os professores bibliotecários:

O PNL2027 disponibiliza um espaço digital específico, com orientações, sugestões de leitura, propostas de atividades para os 1.º e 2.º ciclos e um fórum de partilha e troca de ideias com os professores e outros intervenientes envolvidos nesta iniciativa.

O artigo sobre a Leitura Orientada em Sala de Aula pode ser consultado em: https://pnl2027.gov.pt/np4/losa.html

No domínio + Recursos Educativos, prevê-se a constituição de uma Biblioteca Digital de Recursos Educativos, e iniciativas no âmbito do Plano Nacional das Artes.

Também aqui se encontram disponíveis alguns roteiros:

No Eixo 2: Apoiar as Comunidades Educativas, no domínio + Digital, está prevista a criação de uma Biblioteca Digital, que permitirá o acesso generalizado a livros, complementando o acervo das bibliotecas escolares.

Para este domínio, estão previstas quatro ações que se enquadram no âmbito do trabalho das bibliotecas escolares:


Além destes três domínios, a contribuição das bibliotecas poderá acontecer em muitos outros, no âmbito do seu plano de atividades e em articulação com os restantes docentes.

Se já desenvolve atividades no âmbito deste plano, deixe a sua opinião nos comentários.