Eventos · Literatura infantil

Travessia das Letras – 1.ª Festa Infantojuvenil da Língua Portuguesa

O projeto Travessia das Letras nasceu do desejo de aproximar culturas que partilham a mesma língua.

E quer, assim, promover o intercâmbio, atiçar a curiosidade, estimular a criatividade e expandir o imaginário pelo universo lúdico e onírico infantojuvenil.

Depois de quase dois anos de preparativos e contatos, a Travessia, como é carinhosamente chamada pelos participantes e envolvidos, faz a sua estreia em Oeiras, nos próximos dias 30 e 31 de março, com o tema Visões de mundos diferentes com idioma igual – o português que nos une e conta com participantes de Portugal, Brasil, Angola, Guiné-Bissau, Cabo Verde e Moçambique.

Esta sua primeira edição vai muito além de um projeto cultural, ao assumir o caráter de proposta educativa construída com a participação e sugestões de autores, editoras e instituições públicas e privadas que apoiam o projeto.

A realização da Travessia das Letras em Portugal sugere o caminho inverso ao do percorrido pelo idioma, com a clara intenção de apresentar e disponibilizar para as crianças e jovens portugueses a cultura e os valores do mundo lusófono.

Priorizou-se na preparação da Travessia o exercício do pensamento, das ideias, da construção de relações sociais e afetivas que se iniciam na infância.

Dessa forma, a DOIS UM Produções, produtora luso-brasileira, em parceria com a Câmara Municipal de Oeiras, realizará, nos dias 30 e 31 de março, no Templo da Poesia — Parque dos Poetas, a Travessia das Letras, uma grande festa dos falantes da língua portuguesa com encontros, oficinas e atividades que misturarão sotaques, cultura e hábitos.

Com o apoio e a chancela do Plano Nacional de Leitura 2017–2027 (PNL2027) e da Rede de Bibliotecas Escolares (RBE), o projeto teve a preocupação de estar integrado à política pública do país. Conta também com o valioso apoio institucional da Missão do Brasil na Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), da Embaixada do Brasil em Lisboa, do Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, I.P., do Camões – Centro Cultural Português em Maputo e da Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas do Governo Português (DGLAB).

Eventos · Formação · Literatura infantil

2.º Encontro de Literatura Infantojuvenil da Lusofonia

2º-ENCONTRO-LUSOFONIA-FOTO-DE-CAPA-01-375x210

A Fundação “O Século” leva a cabo em 2016 o 2.º Encontro da Literatura Infanto-Juvenil da Lusofonia, que terá lugar no Auditório Comendador Rui Nabeiro, entre 22 e 27 de Fevereiro.
O encontro reúne escritores, ilustradores, editores, professores e estudiosos deste tipo de literatura, animadores do livro e da leitura e agentes da literatura infanto-juvenil de todos os países da Lusofonia, num espaço de intercâmbio de ideias e projetos.
Ao longo do encontro, haverá espaços para debates, apresentações de livros, conversas com autores e artistas, bem como uma feira do livro especializada no tema e exposições de ilustradores portugueses e de brinquedos infantis tradicionais.
No último dia do evento estão ainda previstos ateliers de narração, de ilustração e de escrita.
Igualmente, serão organizadas nas escolas de Cascais e concelhos limítrofes sessões com autores. O evento tem como objectivo lançar uma rede lusófona de comunicação entre autores e editores, facilitando a comunicação destes com o público, através do desenvolvimento de uma plataforma web, que se pretende disponível para os cerca de 290 milhões de falantes lusófonos nativos e os cerca de 800 milhões de falantes totais no Mundo.

Programa e inscrições

Leitura · Literatura infantil · Seminários/Conferências

Colóquio Internacional de Literaturas de Língua Portuguesa para Crianças e Jovens

Nos dias 26 e 27 de Outubro, realiza-se, no Anfiteatro III da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, o Colóquio Internacional de Literaturas de Língua Portuguesa para Crianças e Jovens, que visa reunir escritores, estudiosos, professores e estudantes de Letras e Pedagogia, para análise e debate de questões relacionadas com a literatura para crianças e jovens, produzida no Brasil, em Portugal, em Angola, Cabo Verde e Moçambique a partir do século XX.

Programa

Literatura infantil · Livros

«A Contradição Humana» seleccionado para a lista de honra do IBBY

O álbum infantil A Contradição Humana, de Afonso Cruz (Caminho 2010, foi seleccionado para a lista de honra do IBBY (International Board on Books for Young People).
«A lista de honra do IBBY (International Board on Books for Young People) é uma selecção bienal de livros notáveis para crianças e jovens recentemente publicados. Homenageia escritores, ilustradores e tradutores dos países membros do IBBY, organização internacional presente em setenta países de todos os continentes. Os títulos nomeados são seleccionados pelas secções nacionais. A lista completa é publicada em livro, e sete exposições dos livros circulam simultaneamente por todo o mundo», revelou a Caminho através de um comunicado.

Recorde-se que A Contradição Humana foi já seleccionado para a exposição The White Ravens 2011, recebeu o Prémio Autores SPA/RTP 2011 para Melhor Livro Infantil-Juvenil e está nomeado na categoria Melhor Ilustração para Livro Infantil no 22.º Festival Amadora BD.

Literatura infantil · recursos

Revistas on-line sobre literatura para jovens

Quem desejar estar informado sobre literatura infanto-juvenil e promoção da leitura, aqui fica um conjunto de recursos on-line:

http://www.imaginaria.com.ar/

Imaginaria: revista online argentina sobre literatura infantil e juvenil. De periodicidade quinzenal é dirigida a docentes, pais, bibliotecários, escritores, ilustradores, especialistas, e a todos que se relacionem com crianças e leitura. Sedeada em Buenos Aires e em publicação desde 1999.

http://www.dobrasdaleitura.com/index.html

Dobras de leitura: revista digital brasileira editada mensalmente desde 2003 Peter O´Sagae, editor de conteúdo, formado em comunicação e doutorando em Letras pela Universidade de São Paulo (USP): publica textos de especialistas sobre a relação entre leitor e livro, promove a pesquisa histórica sobre contos tradicionais, oferece sugestões sobre práticas de promoção da leitura literária e divulga lançamentos de literatura infantil e juvenil no Brasil.

http://revistabloc.es/

Bloc: revista internacional de arte y literatura infantil: revista espanhola que reúne escritores, bibliotecários, editores, ilustradores e críticos, dedica particular atenção ao álbum ilustrado, promovendo a análise e a reflexão sobre o papel da imagem e da palavra na construção de mundos imaginários.

http://revistababar.com/wp/

Babar: revista sobre literatura infantil e juvenil. Online desde 2000, é considerado o melhor portal espanhol especializado e detém uma significativa difusão internacional.

Literatura infantil · Livros · recursos

O sítio das coisas selvagens

Estreia no próximo dia 26 de Novembro O sítio das coisas selvagens, um filme de Spike Jonze, com James Gandolfini, Paul Dano, Catherine O’Hara, Catherine Keener e Forest Whitaker.
O filem conta a história de Max, um rapaz indisciplinado e sensível que se sente incompreendido em casa e decide fugir para o sítio das Coisas Selvagens. Max vai ter a uma ilha onde encontra criaturas misteriosas e estranhas, cujas emoções são tão selvagens e imprevisíveis como as suas acções. As Coisas Selvagens procuram desesperadamente um líder para orientá-los, tal como Max anseia por um reino para governar. Quando Max é coroado rei, ele promete criar um lugar onde todos serão felizes. No entanto, cedo descobre que governar o seu reino não é tão fácil como parece e os seus relacionamentos tornam-se complicados.
O filme baseia-se no livro Where the Wild Things Are, que Maurice Sendak escreveu e ilustrou em 1963 e rapidamente se tornou um clássico infantil. Para breve está o lançamento da primeira edição portuguesa, pela editora Kalandraka, com o título Onde Vivem os Monstros.

monstros

Quando Spinke Jonze decidiu adaptar o livro ao cinema, convidou Dave Eggers a juntar-se a ele na escrita do guião. Como resultado dessa colaboração Eggers,  a pedido do próprio Sendak haveria de escrever um romance baseado no livro infantil, e que chega às livrarias portuguesas no próximo dia 13 de Novembro, com a chancela da Quetzal.

sitio

Dá-se assim a feliz ocasião de podermos ter nas nossas bibliotecas a mesma história para diferentes públicos e em diferentes suportes. E quem disse que a articulação curricular é difícil?

Recursos:

A história de Sendak:

O trailer do filme de Spike Jonze:

Eventos · Literatura infantil · Livros

Apresentação do livro «As aventuras do Dragão Napoleão»

dragao
A Biblioteca Escolar da EB 2,3 D. António Ferreira Gomes, em Ermesinde, promoveu no passado dia 30 de Abril, às 21h30m, a apresentação pública do livro “As Aventuras do Dragão Napoleão”, da escritora Eugénia Martins e da ilustradora Idalina Dionísio.
A sessão de apresentação esteve a cargo de mim mesmo e do Dr. João Carlos Brito, responsável pela Editora Lugar da Palavra que publicou a obra.
Compareceram a esta sessão muitos professores, alunos e encarregados de educação, representantes da Câmara Municipal de Valongo, o Presidente da Junta de Freguesia de Ermesinde e membros da associação Ágorarte, entre outros convidados.
Aqui fica um pequeno excerto de um dos contos da obra:
«- Quem és tu? – perguntou ele, desconfiando da sua própria imaginação.
– Eu sou a Dragona Bonitona. Sou a Guardiã desta prisão – e, dizendo isto, ilumina-os, cuspindo labaredas fulgurantes.
– Ah! Como és bela! – ele, descontrolado.
– Ah! Como és belo! – ela, deslumbrada.
Foi amor à primeira vista!
O Napoleão nunca se sentiu tão ofegante, tão quente. Estava a ferver! Se aquilo era o efeito da paixão, então teria que passar o resto dos seus dias à beira de água.
Tinha a garganta a arder, o nariz a fumegar, a língua a escaldar… e a boca a deitar chamas!!!
– Chamas! Chamas! Estou a lançar chamas! – gritava, eufórico e feliz.
Era a primeira vez que levava a bom termo tal proeza. Já tentara inúmeras vezes mas, como nunca fora bem sucedido, fartou-se e esqueceu o assunto.»

Fotos (fonte – RBEP)

Literatura infantil · Seminários/Conferências

Palavra de Trapos: As Línguas que os Livros Falam

A não perder, na Gulbenkian, dias 15 e 16 de Dezembro, esta Conferência sobre Literatura Infantil. No auditório 2, com entrada livre.

Programa:
15 de Dezembro, Segunda-feira

09h30 Sessão de Abertura

Ministro da Cultura

Fundação Calouste Gulbenkian

09h45 Conferência de Abertura

Manuel António Pina

11h00 Palavras Rimadas

José António Gomes (Comunicação de Enquadramento)

José Jorge Letria

Ana Luísa Amaral

Anabela Mota Ribeiro (moderadora)

14h30 Palavras de Outrora, Agora

Ana Paula Guimarães (Comunicação de Enquadramento)

Manuela Júdice

Alice Vieira

Rui Lagartinho (moderador)

16h00 Palavras Trocadas

Sara Reis da Silva (Comunicação de Enquadramento)

Luísa Ducla Soares

Bernardo Carvalho

Ana Margarida Carvalho (moderadora)

Dia 16 de Dezembro, Terça-feira

09h00 Palavras Pintadas

João Paulo Cotrim (Comunicação de Enquadramento)

Vicente Ferrer

António Torrado

Luís Henriques

João Miguel Tavares (moderador)

11h00 Palavra de Bicho

Ana Margarida Ramos (Comunicação de Enquadramento)

Mesa Redonda:
Maria Teresa Maia Gonzalez

Manuel António Pina

Álvaro Magalhães

Luísa Dacosta

12h30 Sessão de Encerramento

Eduardo Filipe – Relator

Rita Taborda Duarte – Comissária

Fundação Calouste Gulbenkian

14h30 – 18h00 Workshops

Workshop 1 – Sala 2

“Do Livro à Animação”,

Nuno Feijão

Workshop 2 – Sala 1

“A subversão dos movimentos do corpo e das histórias tradicionais”,

Fernando Galrito

Com a participação de Cristina Paiva.

Formação · Ilustração · Leitura · Literatura infantil · Seminários/Conferências

7º Encontro Nacional de Investigação em Leitura, Literatura Infantil e Ilustração

Braga – Universidade do Minho
Campus de Gualtar
10 e 11 de Outubro de 2008

Estes Encontros têm como objectivos dar a conhecer e divulgar a investigação que se produz nestas áreas, bem como reflectir sobre as práticas docentes que se realizam nas instituições de ensino superior, e têm reunido na Universidade do Minho, em Braga, um grande número de investigadores do país e do estrangeiro, docentes que leccionam na formação de professores, bem como docentes de vários níveis de ensino.

Programa completo e inscrições:

http://li.iec.uminho.pt.